7 benefícios e como melhorar o gerenciamento de serviços de TI

gerenciamento-de-ti
 Tempo de leitura: 5 minutos

Estamos em 2018 e algumas pessoas(incluindo gerentes e diretores) ainda vêem a TI apenas como uma parte que a empresa precisa para funcionar. Esse pensamento, a princípio, não chega a ser um problema, mas há indícios que, daqui para frente, esse pensamento começa a trazer problemas, ainda mais por vivermos na era da informação e das tecnologias. Empresas que não se preocuparem com um bom gerenciamento de TI, perderão forças competitivas.

Ao contratar um serviço de TI, espera-se apenas um serviço de qualidade. Um serviço de TI não deve apenas ser de qualidade. O serviço de TI deve estar alinhado às necessidades do negócio ao mesmo tempo que busca redução dos custos. Para isso existe o GSTI – Gerenciamento de Serviços de TI, Gestão de Serviços de Informática ou Gerenciamento de TI. Um framework de gestão e governança de TI.  

As organizações, sejam de segmentos parecidos ou diferentes, possuem suas necessidades, suas práticas e suas particularidades. Fatores esses que as diferenciam de outras organizações. Devido a essas diferenças, os serviços de TI, consequentemente, o gerenciamento de TI, precisam se adequar à organização para atender especificamente suas demandas de forma não só eficiente, mas de forma que seja possível gerar valor e até inovaçãoPara entender um pouco mais sobre esperar além de um serviço de qualidade, geração de valor e inovação, confira em nosso artigo a verdade sobre o bom atendimento.

Impactos negativos

Com uma construção de serviços e um gerenciamento de TI de modo perfunctório, os impactos negativos são evidentes:

  • Produção com custos mais elevados, pois é necessário maior investimento em estrutura e mão de obra;
  • Consequentemente, menor competitividade, pois os custos são repassados para o valor final do produto/serviço;
  • Tempo de desenvolvimento longo e inadequado, pois o tempo que poderia ser destinado à produção e desenvolvimento, precisará ser utilizado para outras atividades que fogem do core da organização.

gerenciamento-ti

License use Creative Commons Zero – CC0

Quais são os benefícios de um gerenciamento de serviço de TI nos processos?

1 – Controle do budget

Adotando estratégias de gerenciamento de serviço de TI, o custo fixo é transformado em custo variável, ou seja, você paga apenas pelo que usa. Dessa forma, o capital investido em algo que não teria uso, pode ser direcionado a melhorias de infraestrutura, produção, desenvolvimento, entre outros.

2 – Custos com profissionais

O processo de busca de profissionais qualificados tem, em sua jornada, profissionais temporários que não atenderam as expectativas. Contratar profissionais, treina-los e os custos trabalhistas podem ser fatores que limitam o potencial de crescimento de uma organização. Tirar essa preocupação do caminho pode ser fator que contribua muito para a organização.

3 – Especialistas experientes

Não só para TI, mas independente do lugar e do segmento, nós queremos ser atendidos por profissionais especialistas e com experiência. É possível ter qualidade, confiabilidade e experiência sem ultrapassar o limite do orçamento destinado a esses investimentos. Saiba como.

4 – Competitividade

Numa organização, é necessário alocar tempo e outros recursos para a TI funcionar de forma correta e eficiente. O crescimento do negócio pode ser fortalecido caso esses recursos, ao invés de investidos numa TI interna, forem destinados ao desenvolvimento de produto ou serviço, qualidade de matéria prima ou qualquer outro fator preponderante para o desenvolvimento de um negócio.

5 – Acompanhamento e implementação imediata das novidades e tendências tecnológicas

Projetos antigos e novos podem ter maior chance de sucesso se acompanhados de mecanismos e recursos que agregam para sua produtividade e eficiência. Para isso, é importante acompanhar quais são as tendências e novidades tecnológicas, ao mesmo tempo que seja feita uma análise das mesmas e, posteriormente, uma implementação imediata feita por especialistas experientes.

6 – Menos obstáculos

Querendo ou não, é possível que em algum momento a TI passe a ser algo que precisa ser resolvido e torne-se uma barreira ou um obstáculo. Isso pode afugentar o foco no core business da organização. Mesmo que tente deixar para depois, pode ser algo que impeça o funcionamento da organização e influencie toda cadeia de produção ou prestação de serviço. Melhor que uma maneira fácil de resolver essas possíveis e eventuais adversidades, é não precisar ter dores de cabeça com isso e deixar que uma equipe especializada cuide de tudo, sem que a organização sofra qualquer tipo de perda. É importante salientar que esse benefício não se enquadra apenas para adversidades, como também para tomada de decisões e estratégias que exigem expertise e know-how.

7 – Redução de riscos, aumento de segurança

Firewall e antivírus em dia não são suficientes para a segurança da sua rede e dos seus dados. Há uma série de fatores como nobreak, storage e datacenter que são fundamentais para segurança preventiva.

gerenciamento-ti

Modelos de Gerenciamento de Serviços de TI

Conforme você pode conferir diversas formas de gerenciamento de serviços de TI em nosso blog na categoria Gestão e Governança, há diversas formas de gerenciamento de serviços de TI. Aqui vamos listar algumas delas.

ITIL

ITIL significa Information Technology Infrastructure Library, trata-se de um dos modelos de gerenciamento mais conhecidos e utilizados, com uma coletânea das melhores práticas para o alinhamento da TI com as necessidades da organização de forma que a gestão dos serviços prestados seja otimizada da melhor forma com a melhor redução de custo.

A série ITIL é composta pelos livros Service strategy, Service design, Service transition, Service operation e Continual service improvement.

COBIT

COBIT significa Control Objectives for Information and related Technology, trata-se de um framework de governança que difunde diferentse conceitos e práticas de TI. O foco nesse modelo de gerenciamento é em investimentos dentro das necessidades da empresa.

O COBIT é dividido em quatro domínios com 34 processos e 210 objetivos de controle.

CMMI

CMMI significa Capability Maturity Model Integration, trata-se de uma ferramenta de gestão que proporciona melhoria de processos, produtos e serviços.

O CMMI tem foco de aplicação em desenvolvimento de softwares e possui cinco estágios por onde os processos passarão.

PMBOK

PMBOK significa Project Management Book of Knowledge, trata-se de uma grande referência quando se trata de gerenciamento de projetos que são aplicadas em outros segmentos além de TI.

Sua metodologia divide projetos em cinco fases com atividades e escopos definidos.

ISO 20000

Certamente você já ouviu falar de ISO em outras situações e para outros segmentos. Com alinhamento com o ITIL, ISO 20000 trata-se do primeiro padrão internacional de gerenciamento de serviços de TI, a qual define requisitos formais, mostra políticas, objetivos e procedimentos que deverão ser adotados.

Se você possui um negócio e quiser provar que adere aos critérios de gerenciamento de TI, você pode fazer uma auditoria de implementação da ISO 20000 e conseguir sua certificação.

gerenciamento-ti

Se você tem dúvidas e interesse em saber mais como aplicar essas técnicas, como melhorar o gerenciamento de TI e seus serviços de TI, entre em contato conosco e ganhe um fast consulting gratuito.

Compartilhe com seus amigos e se inscreva em nossa newsletter para receber as dicas, informações e novidades sobre o universo da tecnologia. 😀

Siga-nos