Guardar na nuvem: O que você precisa saber

guardar-na-nuvem
 Tempo de leitura: 6 minutos

Antes de aprender como guardar na nuvem, é importante saber o que é a nuvem. Se você não entende muito bem o que é nuvem, não se preocupe, pois você vai aprender agora mesmo!

Conforme já explicamos em alguns artigos da nossa categoria Cloud Computing, Nuvem (ou Cloud Computing, ambos são a mesma coisa!) se trata de uma tecnologia que oferece recursos tecnológicos para utilização remota.

Em nuvem, é possível adquirir memória, processamento e armazenamento de dados. Por esse motivo, essa tecnologia é utilizada para diversas finalidades. Serviço de hospedagem de sites? É necessário guardar na nuvem. Lojas Virtuais? É necessário guardar na nuvem. Sistemas ERP? É necessário guardar na nuvem. Backup? É necessário guardar na nuvem. Não só esses, como vários outros serviços que demandam disponibilidade para os colaboradores. Tudo de forma inteiramente online!

O que é Backup em Nuvem?

Backup em nuvem é uma cópia do dado em um determinado momento, com o objetivo de evitar que os arquivos sejam perdidos e proporcionar maneiras de salva-los sem riscos de perde-los.

Por exemplo, se você resgatar esse dado gravado numa determinada data, você terá exatamente o que foi salvo no momento do backup do arquivo.

guardar-na-nuvem

Curiosidade: Você sabe por que essa tecnologia se chama nuvem?

O conceito dessa tecnologia já existe desde os anos 60, mas foi na década de 90 que o termo nuvem surgiu. O professor de sistemas de informação Ramnath Chellapa usou o termo inspirando-se no símbolo da internet, remetendo a algo sólido e real, mas fora de nossa visão, obscurecido pela “Nuvem”, que é o Data Center.

Ficou alguma dúvida? Entre em contato com nossa equipe especializada! Veja alternativas para melhorar sua segurança e eficiência produtiva.

Não se esqueça de se inscrever em nossa Newsletter para receber mais conteúdos informativos sobre tecnologia.

Onde a “mágica” acontece?

A nuvem nada mais é do que um servidor localizado num Data Center. Data Center, por sua vez, se trata de um local com a segurança e estrutura projetada para as informações que lá estarão armazenadas e protegidas. 

Antigamente conhecidos como Centro de Processamento de Dados (CPD), os Data Centers são ambientes projetados para centralizar servidores, equipamentos de processamento de dados, armazenamento de informações e sistemas de rede, como switches, roteadores, modems, wireless e outros.

Guardar na nuvem é, na verdade, guardar no Data Center.

guardar-na-nuvem

Não guardar na nuvem é perigoso

Se você tem uma empresa e não tem o hábito de guardar na nuvem, saiba que sua empresa corre o risco de fechar.

Infelizmente não é exagero. Há muitos casos de empresas que fecharam as portas por conta de algum atentado ou acidente, que poderiam ter um resultado diferente caso optassem por guardar na nuvem os seus arquivos.

Neste link você pode ler a respeito do atentado ao WTC, que levou empresas à falência. Muitas empresas possuíam backup na região do desastre, o que levou a perdas de site e informações, prejudicando também clientes que dependiam desses dados. Outras perderam todos os dados e não conseguiram retomar o negócio, o que não teria acontecido se optassem por um segundo Data Center para recuperar arquivos perdidos.

Guardar na nuvem (Data Center) não tem esse risco também?

Um Data Center possui uma estrutura preparada para lidar com esse tipo de adversidade. Quanto maior o TIER do Data Center, mais elevado é o nível de segurança. Nós, por exemplo, trabalhamos com um Data Center Tier III, o segundo Tier de Data Center de maior disponibilidade.

Confira o nosso Guia de Gestão de Data Center, clicando neste link, você entenderá de forma rápida sobre os 4 Tiers de Data Center.

guardar-na-nuvem

Guardar na Nuvem não é tendência, é realidade

Segundo pesquisa da Kelton Research, realizada com mais de 570 altos executivos de 18 países, 75% disseram que já utilizam algum serviço em cloud. A questão mais presente na opção por guardar na nuvem é a flexibilidade, pois os dados podem ser acessados em qualquer hora e em qualquer lugar com acesso a internet, incluindo smartphones.

Outros fatores decisivos são a facilidade de colaboração, eficiência e simplificação dos ambientes de TI. Mais detalhes sobre essa pesquisa neste link.

Além disso, já deixou de ser uma tendência até mesmo na oferta de serviços, muitos serviços são oferecidos baseados em nuvem, como é o caso de gigantes como a Netflix, por exemplo. A Netflix anunciou que migrou 100% dos seus centros de dados para a nuvem, e desde então o número de assinantes aumentou oito vezes e possui uma disponibilidade de serviço de 99,99%.

Crie uma nuvem pessoal

Se você busca controle total para guardar na nuvem, você pode comprar um Storage (Network Attached Storage – NAS). Esse dispositivo trabalha como um servidor privado e centraliza os seus dados numa nuvem particular. Com isso, você pode acessar seus arquivos de qualquer gadget autorizado, tornando tudo mais prático e seguro.

O dispositivo NAS normalmente possui grande capacidade de memória, de centenas de GB (gigabytes) a dezenas de TB (terabytes). Um dos principais fabricantes desse aparelho no Brasil é a IBM, a qual nós somos Centro Autorizado de Serviço IBM. Para detalhes e informações de valores, entre em Contato conosco e envie sua dúvida!

guardar-na-nuvem

Como funciona a instalação do software?

O NAS possui um ou mais discos rígidos controlados por um software que o acompanha. É como uma unidade adicional que só pode ser sincronizada ao servidor central.

Além disso, os fabricantes disponibilizam apps para smartphones e tablets para captação da nuvem para o usuário ter os dados na palma da mão. Basta ter o registro do produto e fazer um cadastro antes da instalação.

Vantagens da Nuvem

  • Segurança: Guardar na nuvem evita dores de cabeça que ocorrem com backup físico. Se alguma coisa acontecer com o equipamento físico, já era! Falhas de hardware, tragédias naturais, entre outros;
  • Flexibilidade: Pela ausência de componente físico, essa solução apresenta muita flexibilidade. O tamanho do espaço é adaptável ao volume das informações sem precisar realizar configurações extras;
  • Custo benefício: Com um gerenciamento remoto, você não precisa mais deslocar sua equipe até o local onde está o Backup e com a flexibilidade de expansão, você não precisa se preocupar com instalações. Sem contar manutenções que um equipamento físico demanda.

guardar-na-nuvem

Alguns serviços para guardar na nuvem

Certamente você já ouviu falar, usa ou usou alguns dos serviços mostrados abaixo. Atualmente, é cada vez maior o número de serviços de armazenamento em nuvem por conta da crescente demanda.

A parte difícil é uma dor de cabeça boa, que é escolher um dentre tantas opções, ainda mais por muitos serem gratuitos até certo ponto de armazenamento.

Por já serem unanimidades e inclusive já terem sido mencionados em nosso artigo Descubra os 3 principais motivos de ter um backup em nuvem, Dropbox, OneDrive e Google Drive ficarão de fora dessa lista. Veja abaixo três opções alternativas.

1- Cloud Drive

Serviço de nuvem oferecido pela Amazon, proporciona uma conta gratuita de 5 GB de armazenamento e com possibilidade de aumentar por planos de preço bem em conta.

Se você só quer guardar na nuvem arquivos mais simples e não quer nada muito aprofundado, esse serviço é bastante indicado.

2- Mega

Lembra do famigerado Megaupload? Após toda história ocorrida, o criador criou o Mega, serviço com mais eficiência, recursos e segurança que o Megaupload.

São 50 GB gratuitos e você tem a opção de ampliar até 4 TB, porém de forma paga evidentemente. Esse serviço criptografa todos os arquivos, então se mostra como uma opção bastante segura.

3- MediaFire

Assim como o Mega, é um velho conhecido que atua com serviço de armazenamento online há mais de uma década.

Costumava ser mais usado para compartilhamento de arquivos na internet, porém o foco se tornou armazenamento, pois como mencionado aqui, é mais que uma tendência, já é uma realidade.

Dentre os planos, há o plano gratuito com 10 GB. Porém, os planos pagos são muito em conta e oferecem muitos recursos, tornando o MediaFire uma pedida bastante flexível.

guardar-na-nuvem

Ficou alguma dúvida? Entre em contato com nossa equipe especializada! Veja alternativas para melhorar sua segurança e eficiência produtiva.

Não se esqueça de se inscrever em nossa Newsletter para receber mais conteúdos informativos sobre tecnologia.

Siga-nos