O guia definitivo sobre outsourcing de TI

Outsourcing de TI
 Tempo de leitura: 8 minutos

O guia definitivo sobre outsourcing de TI

Outsourcing de TI

Obter o máximo de lucro possível e é o objetivo de toda e qualquer empresa, mas muitas não pensam de forma ampla em maneiras de maximizar o seu lucro. Vamos entender um pouco mais sobre Outsourcing de TI e como isso pode maximizar a lucratividade e produtividade da sua empresa.

Existem áreas dentro de uma organização que demandam um elevado custo para se manterem e que tiram a empresa do seu foco principal, atrapalhando o desenvolvimento do seu core business.

O outsourcing auxilia as empresas nesse aspecto, a partir do momento em que uma organização busca e vai atrás dessa solução, ela só precisa se preocupar em fazer aquilo que ela sabe fazer de melhor, desenvolvendo seu negócio.

Com o outsourcing de TI não é diferente. Vamos entender o que é isso afinal.

Foque no seu Corebusiness

 

O que é o outsourcing de TI?

Para entendermos o que é o outsourcing de TI, é preciso entender o que é o outsourcing de uma forma geral.

Outsourcing, traduzindo de forma livre, significa “fonte externa”, que de forma contextualizada refere-se à contratação ou a utilização estratégica de profissionais ou serviços de empresas parceiras, desta forma podemos assimilar esse termo à terceirização.

Mas cuidado! Essa comparação não deve ser levada muito ao pé da letra, já que quando nos referimos à terceirização, levamos em conta serviços que não estão tão ligados ao core business da empresa, como por exemplo limpeza.

Já o outsourcing está relacionado a áreas estratégicas de uma organização, consequentemente, mais próximas do seu foco principal.

Entendeu o que é outsourcing? Então vamos ao que interessa.

No outsourcing de TI toda a infraestrutura tecnológica de uma empresa é entregue nas mãos de outras empresas que são especializadas. Não entendeu? Vamos lá.  

Você irá contratar uma empresa que seja especializada em tecnologia, e esta irá realizar a gestão, o controle e a manutenção de todo o sistema de informação da sua empresa.

IMPORTANTE: Lembre-se que a área de TI não é a única passível de outsourcing. O planejamento estratégico de uma empresa, seu departamento de marketing e vendas e também a área de recursos humanos, são alguns exemplos de áreas que você pode recorrer ao outsourcing. Se for uma oportunidade boa para aumentar a rentabilidade da sua empresa, então invista.

Se você chegou até aqui, já deve ter compreendido o básico sobre o outsourcing de TI, mas calma!! Continue lendo.

A partir de agora você entenderá um pouco mais sobre este termo, e também o porquê de dar uma atenção um pouco maior para esta solução, compreendendo não só os benefícios que ela te traz, mas também o momento certo de recorrer a ela.

O outsourcing de TI pode ser implementado ou dividido de algumas maneiras, por isso irei falar agora um pouco sobre os tipos de outsourcing de TI que existem.

 

Tipos de outsourcing de TI

O outsourcing de TI é dividido basicamente em três partes: Offshore Outsourcing, Onshore Outsourcing e Nearshore Outsourcing.

Vejamos um pouco sobre cada uma delas.

Offshore outsourcing

No offshore outsourcing há a migração ou alocação dos serviços de uma empresa para uma outra organização de um país estrangeiro. Muitas empresas de países desenvolvidos migram para países em desenvolvimento.

Os destinos mais escolhidos são China e Índia, e essa decisão é influenciada por fatores vitais, como a mão-de-obra especializada e barata, e também o idioma, já que nesses países, principalmente na Índia, boa parte da população é fluente em inglês.

Apesar de ter uma vantagem muito boa, a redução de custos com mão-de-obra, há também uma desvantagem muito forte e que deve ser levada em consideração se você deseja adotar esse estilo de outsourcing, essa desvantagem é o choque cultural.

Nos últimos anos o Brasil vem sendo o destino de alguns países, ou seja, ano após ano o setor de TI brasileiro vem sendo valorizado.

Onshore outsourcing

No onshore outsourcing, a transferência de atividades é feita para uma empresa externa, porém para uma organização que se encontre no mesmo país, estado ou cidade da empresa contratante, amenizando os problemas culturais e linguísticos.

Muitas empresas optam por esse modelo de outsourcing por ele trazer uma redução significativa nos gastos logísticos.

Nearshore outsourcing

Por último temos o nearshore outsourcing. Este tipo de outsourcing de TI é realizado entre países vizinhos o que gera uma enorme vantagem, pois a cultura, idioma e fuso-horário são semelhantes.

O nearshore outsourcing foi bastante praticado nos anos 90 com muitas empresas, especialmente consultorias, dos EUA migrando seus serviços para o Canadá.

Os países do Mercosul ainda praticam muito o nearshore outsourcing.

Até aí tudo bem, certo?

A teoria é muito bonita e fácil de entender, mas aí você deve se perguntar se vale a pena ou não investir, pois os riscos em confiar uma área da sua empresa em outra organização são enormes e reais.

Primeiro você tem que saber se é o momento certo e se vale a pena a sua empresa começar a praticar o outsourcing de TI.

Pense: minha receita não está alcançando os números esperados porque existem outras áreas que não estão ligadas ao meu core business e que mesmo assim demandam um custo de gestão ou manutenção muito alto?

Se a sua resposta for sim, ou seja, se sua infraestrutura de TI estiver atrapalhando o seu core business e consequentemente sua receita e lucro, está na hora de pensar em contratar uma empresa para te ajudar.

Analise sua empresa e se necessário invista no outsourcing de TI

Já tem a resposta em mãos? Bom se você percebeu que chegou a hora de dar prioridade para a sua principal atividade, veja abaixo alguns benefícios que o outsourcing de TI traz para você.

 

Vantagens do outsourcing de TI.

Antes de falarmos sobre as vantagens, é bom ressaltar que existem também algumas desvantagens relacionadas ao outsourcing de TI.

Agora sim vamos às vantagens.

Os benefícios que o outsourcing de TI traz não estão restritos apenas à redução de custos na sua infraestrutura de TI, mas também à diversos fatores.

Veja a abaixo três vantagens muito importantes.

Maior disponibilidade

Faça parcerias, desse jeito haverá mais tempo para se dedicar às atividades que realmente lhe competem, realizando todo o trabalho que desempenha com uma qualidade ainda maior.

Eficiência na qualidade do trabalho

Com as divisões adequadas das tarefas, o que antes poderia estar sobrecarregando o líder, agora se tornará mais simples, pois dará espaço para que todos possam atuar em suas funções com maior tranquilidade e maior tempo, para fazer da melhor forma possível.

E assim será possível cobrar melhores resultados de cada colaborador designado para que a empresa continue crescendo e alcance o sucesso.

Redução de custos

Muitos acreditam que terceirizar não reduz custos, pois é necessário que o empresário faça ainda mais investimentos. Mas com o passar do tempo, isso pode significar uma redução com gastos que poderiam ser evitados.

Além disso, a terceirização permite que o processo fique mais fluido, podendo ajudar no aumento de lucros e o consequente retorno do investimento feito.

Outsourcing, em geral é uma novidade.

E o bom empreendedor é aquele que sabe incluir novidades em seus negócios e também sabe a importância e a hora de arriscar.

Gostou dessas vantagens? Achou interessante? Vai ser vantajoso para a sua empresa? Ótimo estamos caminhando bem.

Agora você precisa pensar em um parceiro, não é mesmo?

Esse é um momento crucial, escolher um parceiro de confiança e de qualidade requer muita pesquisa de mercado.

Você deve escolher muito bem a empresa que cuidará da sua infraestrutura de TI.

Lembre-se, quando falamos em outsourcing a palavra estratégia está totalmente relacionada a ela, e uma estratégia mal elaborada e executada sem êxito pode trazer resultados ruins para a sua empresa.

 

Como escolher o melhor parceiro para o seu Outsourcing de TI?

Como dito anteriormente escolher um parceiro de qualidade é extremamente difícil e complexo, mas esses fatores de dificuldade são pequenos quando comparado a importância de se ter uma área de TI bem organizada e administrada, e é isso que tem que tem que ser levado em conta na hora da decisão de se contratar uma empresa para te auxiliar.

Para fazer essa escolha é necessário que haja toda uma estruturação de uma espécie de processo de seleção, ou seja, realize pesquisas e analise diversas empresas em diversos quesitos, para que você corra menos riscos na hora da decisão, escolhendo a empresa mais especializada possível e que se encaixe com o que você quer para a sua empresa.

Para ajudar na sua decisão verifique os seguintes detalhes:

1-   Verifique se há experiência comprovada

Saiba mais sobre a experiência de seu parceiro de Outsourcing de TI, os diferentes tipos de clientes que tenham prestado serviços e número de projetos que tenham concluídos. 

2-   Peça Referências

Converse com clientes do seu futuro parceiro. Solicite referências para que você possa saber sobre a qualidade dos seus serviços, é extremamente importante saber também sobre os serviços de apoio ao cliente e pós-venda, tempo de resposta e responsabilidade.

Assim conversando com os clientes do seu futuro parceiro de Outsourcing de TI você poderá conseguir informações em primeira mão de como será a relação, e como o processo de Terceirização pode funcionar no futuro entre sua empresa e o novo parceiro de Outsourcing de TI selecionado.

3-   Descubra os objetivos de negócios do seu parceiro de TI

Outro ponto importante em verificar: se os objetivos de negócio do seu futuro parceiro de Outsourcing de TI são os mesmos que os da sua empresa.

Converse com seu futuro parceiro sobre os seus objetivos de negócios para garantir que seu futuro parceiro de Outsourcing de TI entenda-os e os ajude a conquistar.

Por outro lado, entender os objetivos do seu futuro parceiro de Outsourcing de TI pode ajudá-lo a decidir se este parceiro é o ideal para as atender as necessidades do seu negócio.

4-   Verifique a saúde financeira

Certifique-se de que o seu parceiro de Outsourcing de TI tem uma estrutura financeira segura, pois este é um fator crítico para o processo de Outsourcing.

Pode também saber mais sobre os seus gestores, suas experiências e qualificações. 

É importante realizar esta análise financeira e sobre informações dos gestores, realizando correspondências e relações com suas expectativas de negócio.

5-   Pergunte ao seu parceiro sobre amostras

Verifique a possibilidade de receber uma amostra ou “degustação” do serviço a ser provido pelo seu candidato a parceiro de Outsourcing de TI, isto poderá ajudá-lo a entender melhor se o possível parceiro corresponde às suas expectativas.

Claro que também as amostras poderão lhe dar uma ideia sobre as capacidades do seu parceiro de TI, experiência técnica e nível de qualidade.

Após verificar essas amostras, se tiver possíveis dúvidas sobre o projeto, pergunte também sobre a possibilidade de um protótipo para a avaliar uma possível solução.

Isso permitirá no mínimo que você tenha mais um fator claro para decisão para concluir se seu candidato a parceiro de Outsourcing de TI atende seus objetivos de negócios e se têm os processos corretos, tecnologia e pessoas com experiência e conhecimento para lidar com os seus projetos.

6-   Pós-Venda & Suporte

É muito importante saber se ele, seu futuro parceiro, irá fornecer o apoio adequado à sua empresa com serviços de suporte após a conclusão de um projeto.

Serviços de Pós-Venda pode ajudá-lo a resolver quaisquer problemas que você pode estar tendo depois que seu projeto foi implementado.

7-   Infraestrutura

Conheça bem o local de trabalho do seu futuro parceiro, visite-o e veja se ele realmente possui os melhores serviços e ferramentas necessárias para o seu projeto.

Conclusão

Vimos neste artigo que o outsourcing é uma solução prática e vantajosa para aquelas empresas que querem reduzir seus custos, dar mais atenção para a sua atividade principal e adquirir um serviço de qualidade e especializado.

Apesar de termos dado um enfoque para a área de TI, é importante lembrar que o outsourcing é aplicado em diversas áreas de uma empresa.

Saber escolher de forma correta o seu parceiro é fundamental e importante para que não haja uma decepção no futuro, para isso elabore um projeto estruturado de processo de seleção.

Por último é muito importante lembrar que antes de tomar a decisão de adotar o outsourcing, é muito importante analisar os problemas da sua empresa, e verificar as áreas que estão causando problemas.

Lembre-se de não alterar áreas que estão muito ligadas à sua principal atividade, isso pode gerar muitos problemas no futuro e afetar sua empresa de forma negativa

Caso você tenha ficado com alguma dúvida sobre o outsourcing de TI entre em contato conosco.

Email:

Telefone: +55 11 5572-0044.

Siga-nos