O impacto da Internet das Coisas – Internet of Things (IoT)

internet das coisas
 Tempo de leitura: 5 minutos

Empresas do mundo todo, incluindo brasileiras, estão cada vez mais investindo em gestão, produção e automação para esse novo mundo conectado que estamos cada vez mais próximos. A Internet das Coisas (IoT – Internet of Things), é a tecnologia que vem concentrando esforços e investimentos para essa conectividade nos últimos anos.

O nome Internet das Coisas está cada vez mais presente em vários lugares, sobretudo quando o assunto é tecnologia, mas talvez você ainda não tenha clareza sobre o que é esse conceito.

Internet das Coisas é conectar computadores e objetos, equipamentos e aparelhos usados no dia a dia das pessoas ao mesmo tempo em que gera dados que possibilitam otimizar as relações das empresas com os clientes e melhoram processos internos, com ofertas de serviço especializado.

Sabe aqueles filmes futurísticos com uma tecnologia super avançada? Estamos começando a adentrar nesse universo, como está sua preparação para lidar com essas mudanças?

internet das coisas

Internet das Coisas no mercado

Essa tecnologia possui um grande potencial para expansão. Segundo a Internet Data Corporation (IDC), a Internet das Coisas movimentou, só no Brasil em 2016, pelo menos US$ 4,1 bilhões; no mundo, esse número deve girar em torno de US$ 1,7 trilhão no mesmo período.

A estimativa para 2018 é que, no Brasil, a Internet das Coisas esteja movimentando cerca de US$ 8 bilhões, crescimento de 14% se comparado com 2017.

Com esse crescimento demasiado, o governo já começou a formular políticas públicas específicas e, por parte das empresas, os investimentos globais estão cada vez mais intensos.

IBM

Um exemplo disso é a IBM, que montou uma área dedicada ao desenvolvimento de novos produtos de IoT – o centro IBM Watson, que recebeu investimento de US$ 13 bilhões. Essa divisão oferece soluções para os clientes e consultoria especializada(inclusive, há uma unidade em São Paulo).

CISCO

A Cisco é outra gigante que está investindo na área. Recentemente, lançou a Fog Computing, uma plataforma intermediária de cloud computing que utiliza a memória e a capacidade de armazenamento dentro do ambiente da internet. A Fog Computing faz uma análise de dados antes que eles cheguem à nuvem; com isso, separa o que é de fato útil para a gestão de uma empresa.

INTEL

A Intel também não quer ficar para trás e está desenvolvendo produtos em segmentos diversos como datacenters e dispositivos móveis, como tablets, telefones e wearables. Wearables são itens que são facilmente acoplados ao corpo – as chamadas tecnologias ‘’vestíveis’’ ou ‘’usáveis’’, como pulseiras, braceletes, relógios, óculos, etc.

O Brasil também não fica de fora

Os números e projetos das empresas multinacionais chamam a atenção, mas as multinacionais não estão sozinhas na corrida da inovação e investimentos em Internet das Coisas.

Fundadas no Brasil, empresas como OneGrid, Proxion Solutions e Build IT trabalham com soluções que envolvem sistemas de gestão, produção e automação residencial.

Especialmente no segmento da automação residencial, a Internet das Coisas permite a uma pessoa acender as luzes da casa ou desligar eletrodomésticos de maneira remota, por exemplo.

Além disso, a Internet das Coisas também possibilita gerenciar o consumo de energia elétrica, como mostra a função de uma ferramenta da capixaba OneGrid, onde dispositivos ‘’leem’’ o ambiente para identificar quais aparelhos são usados por mais tempo e quais possuem maior influência na conta de luz.

A utilização de sensores é uma das principais características das soluções de Internet das Coisas. De acordo com Tuffy Nader, CEO da OneGrid, essa tecnologia é 100% sem fio, o que reduz os custos de instalação e evita o incômodo de intervenção nas estruturas da construção.

A estimativa é que o cliente consiga reduzir entre 30% e 40% o consumo mensal de energia, desde que, com as informações fornecidas em mãos, evite desperdícios.

Agronegócio é destaque

O agronegócio se destaca nos setores que demandam essa tecnologia para administração e produção, o número de produtores rurais que usam ferramentas de TI em propriedades rurais é crescente.

No entanto, a automação aplicada à agricultura trabalha com dados relativos a condições de clima e solo. A tecnologia disponível nos dias de hoje permite que as máquinas saibam as quantidades exatas de sementes e fertilizantes necessárias para se chegar a determinado resultado na produção agrícola.

Exemplo

Numa indústria, os funcionários podem levar muito tempo para separar produtos, isso aumenta o risco de atrasar as entregas. A tecnologia da Internet das Coisas faz sensores indicarem aos trabalhadores os lugares onde as mercadorias devem ser estocadas.

Sistemas de transmissão de dados por radiofrequência ou códigos de barra dão coordenadas de estocagem e distribuição, além de gerar relatórios que vão direto para a nuvem e caem na palma da mão do gestor.

Em suma, é feito uma coleta de dados no ponto de operação e transformação em informações organizadas que serão muito úteis.

internet das coisas

A Internet das Coisas é inevitável

Atualmente, a produção diária de informação no mundo é estratosférica:
-2,5 bilhões de gigabytes produzidos globalmente por dia;
-Cerca de 100 horas de filmes entram no Youtube por hora;
-500 milhões de fotos são compartilhadas nas redes sociais por hora.

Segundo Severiano Macedo Junior, da Cisco, até 2020 haverá 50 bilhões de objetos conectados.

O conceito de Internet das Coisas engloba a conexão de aparelhos e igualmente a gestão de informações. Essa tecnologia está além de ser uma facilitadora de procedimentos. A exemplo da Cisco, a IBM se concentra no armazenamento de dados gerados pelas soluções em Internet das Coisas.

Em outras palavras, trata-se de praticamente um cérebro dentro de uma máquina. A computação cognitiva também permite estudo de padrões de consumo.

internet das coisas

No geral, as pessoas ainda não identificam com tanta facilidade a tecnologia de Internet das Coisas no dia a dia, mas pelo que pode-se ver nos primeiros resultados dos esforços e investimentos, não deve levar muito tempo para que as aplicações e inovações façam diferença no cotidiano de todas as pessoas.

Como está sua expectativa para esse avanço? Deixe seu comentário. Não se esqueça de compartilhar para que mais pessoas tenham acesso à essa informação e assine nossa newsletter para ficar por dentro das mais diversas novidades do mundo da tecnologia. 🙂

E-mail: bbs@bugbusters.com.br
Telefone: +55 (11) 5572.0044
Horário de Atendimento: 8h30 às 18h00
Horário de Atendimento | Servidores e Storages: 24x7x365

Siga-nos