O que é servidor? Guia de introdução

o que é servidor
 Tempo de leitura: 11 minutos


Por ser a partir dele que o mundo digital funciona,
servidor é um termo usado esporadicamente no dia a dia das pessoas. Sendo muito falado e escutado, há uma noção, mesmo que superficial, sobre o que é um servidor, mas poucos saberiam explicar o que é e como ele funciona. Afinal, o que é servidor?

Neste artigo você vai entender um pouco de sua história, seu conceito e alguns modelos de servidores. Vamos lá?

Conceito

A priori, a palavra servidor vem do latim, servĭtor, remete àquele que serve/servente.

O conceito foi evoluindo e hoje podemos entender por aquele que presta serviços. Na informática sua definição não foge do conceito a priori, pois é exatamente essa a função de um servidor: servir.

Na informática, servidor é uma rede que disponibiliza ou armazena recursos para com seus integrantes, os famigerados clientes, afinal, clientes precisam ser atendidos.

Dependendo do servidor em específico, seu papel pode variar um pouco, mas não se preocupe! Abaixo mostrarei diferentes modelos de servidores e suas funções!

Onde os servidores estão presentes?

Conforme mostrado acima, sua principal função é disponibilizar ou armazenar recursos para os clientes integrantes da rede, porém, as outras funções e esferas em que os servidores atuam também são importantes!

Vamos entender um pouco as áreas em que os servidores atuam além dessa esfera. Veja abaixo alguns campos em que os servidores estão presentes.

Servidor de impressão

O que é servidor de impressão? Assim como todo tipo de servidor é fundamental para o funcionamento da área atuante, o servidor de impressão também está dentro dessa regra.

Recomendado para redes com pelo menos dez computadores, este servidor faz o controle das tarefas enviadas para as impressoras tanto locais como as de rede, como por exemplo, empresas em que o uso desse equipamento é compartilhado.

Esse servidor proporciona controle do que vai ser impresso, do quanto vai ser impresso e por quem vai ser impresso. Através da criação de usuários de rede, os administradores podem fazer o acompanhamento de qual impressora o usuário irá usar e do que ele irá imprimir.

Se você é comprometido com o meio ambiente, não pode deixar de ter esse servidor para evitar desperdício e uso desnecessário de papéis!!

o que é servidor

 

Servidor de fax

O que é servidor de fax? Através da internet, este servidor automatiza tanto a transmissão quanto a recepção de fax e proporciona o envio e recebimento em todas as estações da rede.

Entre suas diversas funções, as principais são gerar históricos de fax e códigos de faturamento, rotear documentos e notificar fontes de fax para fax sobre IP.

Gostou da nostalgia, né? Servidores de Fax, se ainda existirem, estão em extinção!

o que é servidor

Servidor de e-mail

Para enviarmos e recebermos mensagens de e-mail, precisamos de todo um sistema de correio eletrônico por trás. Precisamos de programas que suportem clientes de e-mail e seus servidores, pois é através de um endereço de correio eletrônico que é possível transferir as mensagens de um usuário para outro.

Esses sistemas utilizam protocolos para permitirem o tráfego dessas mensagens. Vamos entender um pouco mais sobre esses protocolos?

Quando falamos de servidor de e-mail, estamos falando principalmente de um MTA(mail transfer agent). O MTA utiliza o famoso protocolo SMTP(Simple Mail Transfer Protocol) para comunicação, envio e recebimento de mensagens com outros servidores.

Esse programa é capaz de se comunicar ao nível usuário com seus clientes graças ao auxílio de outros programas que conhecemos como Outlook, Thunderbird e outros. Programas esses que são conhecidos como MUAs(mail user agent).

O MUA, por sua vez, utiliza o protocolo SMTP somente para envio de mensagens. Para recebimento é utilizado o protocolo POP(Post Office Protocol) ou protocolo IMAP(Internet Messaging Access Protocol). Fica ao critério do usuário a escolha do protocolo de envio.

É importante lembrar que o MDA(mail delivery agent) tem a função de pegar as mensagens recebidas pelo MTA e distribuir na caixa postal dos usuários.

Ficou confuso com os termos MTA, MUA e MDA? Não se preocupe, você pode esclarecer um pouco mais clicando aqui.

Servidor de imagens

O que é servidor de imagens? Não são imagens que você está acostumado, como fotos, desenhos, etc. Este é um tipo de servidor que, através do WDS (Windows Deployment Services), você pode montar o seu agora mesmo! Pra melhorar, se você tiver hardwares e customizações de imagens, é possível integrar o MDT (Microsoft Deployment Toolkit) ao WDS, proporcionando uma grande flexibilidade de customização, isso não é ótimo?

Este servidor oferece imagens para máquinas estações e outros servidores. Automatiza o processo de instalação e reinstalação de sistemas nas máquinas da rede.

Servidor de Arquivos

O servidor de arquivos é projetado para permitir o armazenamento e recuperação rápida dos dados onde a computação é fornecida pelas estações de trabalho. Você encontra esses servidores em escolas e escritórios, por exemplo.

Esse servidor se trata de um computador conectado a uma determinada rede com a finalidade de possibilitar um ambiente para armazenar compartilhamento de arquivos(documentos, imagens, músicas, dentre outros) para que sejam acessados por todos ligados à determinada rede de computadores.

Nesse caso:
Servidor – máquina principal
Cliente – máquinas conectadas ao servidor

Em outras palavras, quando uma equipe desejar usar um arquivo, eles poderão acessá-lo diretamente pelo servidor de arquivos ao invés de repassar o arquivo entre cada máquina. Detalhe: os arquivos sempre são atualizados em tempo real.

Há diferentes tipos de servidores de arquivos, pois servidores podem possuir diferentes propósitos. Uns podem ser de backup, outros podem ser de armazenamento remoto e por aí vai. Porém, há três modelos de servidores que são mais utilizados:

  • Quando o servidor POSSUI a estrutura dos arquivos e nomeia a maioria(ou todos) os registros com uma única chave, o que possibilita escrever, estender, remover, dentre outras opções;
  • Quando o servidor NÃO POSSUI a estrutura interna dos arquivos. Dessa forma, o servidor é incapaz de resolver operações complexas e só é possível realizar leitura e escrita;
  • Quando o servidor possui uma hierarquia e trata os arquivos em forma de árvore. Esse modelo é o mais comum entre todos os modelos. Além de permitir a hierarquia, esse servidor pode possuir a estrutura interna dos arquivos e permite as operações e transferências complexas que o dito acima não permite.

Servidor proxy

O que é servidor proxy? Com certeza você já ouviu falar sobre proxy. O servidor proxy é um intermediário entre a rede local e a internet.

Sabia que ele ajuda na sua velocidade de navegação? Ele faz o famoso cache, que nada mais é do que o armazenamento de páginas mais consultadas para que seu acesso seja mais rápido ao invés de ter que carregar tudo novamente!

Atualmente, esses servidores costumam fazer parte de uma solução maior, conhecida como UTM (assunto para um próximo artigo), e nestes servidores já está a função de firewall, deixando tudo mais seguro para o acesso à Internet. E não é só isso, há diferentes vertentes do servidor proxy, que são:

  • Web proxy – Versão que esconde o seu real IP e lhe permite navegar de forma anônima. São os mais comuns e normalmente ao qual se referem quando falam apenas proxy. Todas as máquinas da rede navegam na internet através de um único endereço IP fornecido pela empresa de link de internet.
  • Redes proxy – Baseadas em códigos criptografados, essa rede também permite o anonimato, mas diferente do web proxy, o anonimato é na comunicação, trata-se da conexão entre usuários sem saber sua identidade.
    As redes P2P(peer-to-peer), como Ares Galaxy, Shareaza e iMesh, permitem a troca de arquivo entre os usuários também podem ser chamados de proxies!
  • Open proxy – Como o nome sugere, são conexões abertas. Mas cuidado, porque algumas são perigosas e atraem usuários para armadilhas de pessoas mal intencionadas, o que inclui os hackers, que ao acessarem um computador, instalam um servidor para que possam entrar e roubar dados confidenciais, como senhas de banco, entre outros.
    o que é servidor

Servidor DNS

O que é servidor DNS? DNS(Domain Name System ou Sistema de Nomes de Domínios) é usado diariamente por todos os computadores, mas muitos usuários mal sabem de sua existência.

Trata-se um sistema de direção de nomes distribuídos para computadores, são essenciais para tudo que envolve pesquisa, localização e acesso dos sites.

Em outras palavras, é aquele servidor encarregado pela localização, tradução e então conversão para IP dos sites que digitamos nos navegadores. Toda informação referente aos nomes dos domínios são associadas pelo Servidor DNS.

Por exemplo: eu digito www.bugbusters.com.br, o servidor DNS vai traduzir esse endereço para um endereço IP, que é o real endereço do site. Isso influencia na velocidade da sua navegação.

Dois dos servidores DNS gratuitos que você pode usar são o Google Public DNS e o OpenDNS. Outro DNS recente mas que promete, além do serviço de DNS, mais segurança na navegação é o Quad9 que entre seus responsáveis está a IBM.

E não é só isso

Além deles, há também outros tipos de servidores. Como por exemplo: servidor web; servidor de e-mail; servidor FTP; servidor de virtualização; servidor de banco de dados; servidor de sistema operacional; entre outros. Faltou algum que você acha relevante? Deixe nos comentários!

Servidor em Nuvem

A maioria das pessoas já sabem o que é servidor em nuvem. Mas já parou para pensar que horrível seria se seus dados fossem corrompidos e você os perdesse? Até dá para tentar recuperá-los, mas há um custo considerável para que isso seja feito.

Para evitar esse tipo de problema, a Nuvem pode ser uma solução. Mas não podemos confundir os serviços de sincronismo(os chamados Cloud Sync) com os serviços de armazenamento online(Cloud Storage).

Cloud Backup: Trata-se de uma cópia do dado. Com ele, você pode recuperar o backup do arquivo que foi feito em determinada data em específico e terá acesso a exatamente o arquivo que existia naquele momento do backup.

Cloud Storage: São espaços virtuais na internet onde você pode gravar seus arquivos, sem necessariamente utilizar um aplicativo de sincronismo. É mais como um pendrive ou um HD externo, porém, em nuvem.

Para ver TUDO SOBRE NUVEM, você pode acessar nossos artigos sobre o tema!
Descubra os 3 principais motivos de ter um backup em nuvem
Soluções de Backup: qual é a melhor?

o que é servidor

Servidores físicos

Servidor físico? Como assim? O que é servidor físico? É impossível o funcionamento de qualquer um dos servidores citados acima sem o servidor físico e a parte estrutural, geralmente concentradas num Data Center.

A parte física/estrutural é necessária para gerenciar o volume de todos esses dados. Por isso, estima-se que sejam máquinas muito potentes.

Além da parte de gerenciamento e volume de dados, também tem a parte de segurança, pois seria péssimo se todos esses dados fossem perdidos, certo?

Na escolha de qual servidor comprar, é preciso ter alguns critérios e identificar qual se encaixaria melhor na sua necessidade e, claro, no seu bolso! De forma alguma deve ser escolhido somente pelo preço ou de forma aleatória.

Para exemplificar um pouco sobre os tipos de servidores físicos, segue os modelos mais usados:

  • Servidor Torre: É um dos menores tipos de servidor e, apesar disso, assim como uma CPU, possui um ventilador interno para evitar superaquecimento.

    Por ser o modelo mais barato, ocupar pouco espaço e ser de fácil instalação, é o modelo mais comum em redes locais, sobretudo em PMEs e empresas com poucos servidores.

    Esse servidor é um hardware com os componentes para atender solicitações dos demais computadores presentes. Para que seja possível exercer tal função, o servidor torre possui um adaptador de rede integrado, o qual permite as conexões de rede. Além disso, o que define realmente que este hardware é um servidor na rede, é o software instalado nele, normalmente uma versão “servidor” de um sistema operacional como o Microsoft Windows Server ou um sabor de Linux Server.
    Servidor Torre IBM

  • Servidor Rack: Diferente do Servidor Torre, o Servidor Rack é usado para atender estruturas de TI mais robustas, ou mesmo datacenters menores que possuem limitação de espaço.

    Isso não implica que somente grandes empresas adotam um Servidor Rack. Pequenas empresas em fase de crescimento, querendo expandir suas operações, também adotam. Por exemplo, o trâmite do Servidor Torre para o Servidor Rack pode ser feito tranquilamente.

    Seu design é bem compacto, pois suporta muitos servidores, roteadores, entre outros equipamentos sem ocupar um espaço muito grande, embora ocupe um espaço bem maior que o Torre. Além disso, é possível colocar e tirar servidores de acordo com sua necessidade.

    Servidor Rack IBM

  • Servidor Blade: Esse servidor não recebe o nome de blade à toa. Sendo o menor modelo de todos (sim, é menor que o modelo rack), seu formato remete a uma lâmina por ser fino e pequeno.

    Projetado para ocupar menos espaço, o servidor blade foi feito para montagem em cages (uma espécie de rack feito para receber as lâminas blade, chamaremos de gabinete) e, devido ao seu tamanho menor, pode ser introduzidos em espaços menores. Qual a sua disponibilidade de espaço? Há problemas com a divisão de espaços na sua empresa? Também deixe nos comentários.

    Essa fina lâmina não tem adaptador de rede ou fonte de alimentação. O blade contém, além do processador, apenas os barramentos e a memória.

    Suas vantagens não param apenas no tamanho. Além disso, ele possui um custo menor com energia, é simples de usar e a chance de falhas operacionais são menores por possuírem recursos de redundância mais nativamente quando analisados em conjunto com o gabinete e quase não possuírem peças mecânicas que mais desgastam.

    Como nem tudo são flores, por conta de seu tamanho, o servidor blade dependem totalmente do gabinete, por isso, a manutenção preventiva da solução toda é primordial. Diferente dos modelos anteriores, esse servidor é mais usado por grandes empresas e em datacenters, oferece uma densidade computacional muito maior.
    o que é servidor

Conclusão

Pudemos identificar que para qualquer servidor possa prestar seus serviços, mesmo que de forma digital, todos precisam de uma base física em algum lugar. Seja para armazenamento e coleta de dados, envio de dados, entre outros fatores.

Esses servidores físicos são fatores muito importantes e determinantes para a qualidade daquele servidor, tanto como qualidade de velocidade, navegação, como em forma de segurança.

Conhece algum tipo de servidor que não foi citado? Deixe nos comentários. Se ficou alguma dúvida, não deixe de entrar em contato conosco.

Responda nossa breve pesquisa e acompanhe-nos em nossas redes sociais.

Seja bem vindo!!

E-mail: Telefone: +55 (11) 5572.0044
Horário de Atendimento: 8h30 às 18h00
Horário de Atendimento | Servidores e Storages: 24x7x365

Siga-nos