IBM LENOVO: A história de duas gigantes e a aliança entre elas.

 Tempo de leitura: 6 minutos

O intuito deste artigo é destacar uma decisão estratégica em específico, que foi a compra da parte de PCs e servidores x86 da IBM, pela Lenovo. Aqui você irá entender um pouco da história da IBM e da Lenovo. Destacaremos também os diferencias IBM/Lenovo e o porquê de escolhê-la para construir seu Data Center.

História da IBM

A IBM é uma empresa centenária que iniciou sua atuação em ramos bem diferentes do que estamos habituados. Teve início após a fusão de 3 empresas com produtos extremamente diversificados. Trabalharam com máquinas de cortar carne ou queijos, relógios, balanças comerciais e cartões perfurados.

Primordial para a história da empresa, o então presidente Thomas J. Watson aderiu o slogan “THINK”. E direcionou os negócios da empresa para fornecimento de maquinário a grandes negócios. A IBM foi sempre se reinventando, com os olhos sempre focados na inovação de forma importantíssima para a história da tecnologia. Sempre em primeiro lugar, alguns marcos de sua história serão relembrados por nós nesse artigo!

Anunciado em 1952, o IBM 701 foi o primeiro computador científico comercial com armazenamento de memória. Após este, foi lançado o primeiro computador da história produzido em massa (o IBM 650). E em seguida, o NORC (Naval Ordnance Research Calculator) que foi utilizado pela marinha e chegou a ser o computador mais poderoso do mundo. A intensificação na tecnologia da empresa foi tanta que até com inteligência artificial a empresa estava mexendo na década de 50.

IBM

De média empresa para gigante da tecnologia

Mas foi na década de 60 que a IBM deixa de ser uma empresa de médio porte para se tornar uma gigante da tecnologia! Antes, ao ter máquinas que não dialogavam entre si, teve a conquista de um cenário totalmente diferente através da padronização de hardwares. O que tornou possível a instalação de softwares e periféricos de uma máquina para outra. A tecnologia da marca foi se intensificando e na mesma década surge a DRAM, uma memória de acesso para armazenamento de dados por meio da carga de capacitores. Além da máquina de escrever Selectric. Os disquetes que muitos de nós conhecemos também foram inventados pela IBM. Trazendo tecnologia de bancos à caixas de supermercados.

O momento mais importante da empresa foi a criação de computadores pessoais, ou como chamamos até hoje: o PC! Essa criação foi uma revolução na vida das pessoas e ajudou a tornar a IBM uma das empresas mais poderosas do mundo. Tão poderosa que foi acusada de monopólio por não ter concorrentes que a alcançassem. O processador dessa máquina era um Intel 8088 e seu sistema operacional era da até então pequena, Microsoft. Outros grandes marcos aconteceram na história dessa gigante, como vender o processador mais rápido do mundo e o grande investimento em pesquisa, que rendeu quatro Prêmios Nobel em Física de integrantes dos seus laboratórios.

Hoje a marca tem focado no IBM Watson, que são soluções voltadas para Inteligência Artificial. E sua história teve outros diversos momentos importantes. Como a também importante Lenovo. Que vamos contar a história a seguir.

História da Lenovo

Em 1984, Liu Chuanzhi e 10 engenheiros foram responsáveis pela criação da marca que mais tarde viria a ser uma das marcas mais conhecidas pela tecnologia, a Lenovo.

Anteriormente com um nome pouco chamativo e uma visão de negócios desastrosa, a empresa foi mudando seu curso até chamar atenção do mercado. Seu primeiro nome foi “New Developer Technology” e sua gama de negócios começou com a importação de televisores para a China. Após o fracasso, fez a tentativa de fabricar um relógio digital. Mas também não obteve sucesso.

Chuanzhi explica que os fracassos foram dados pois a equipe inteira era formada por cientistas e nenhum tinha visão de mercado. E muito menos de marketing. Então a convicção que tinham era que as qualificações técnicas dos produtos eram o suficiente.

Todavia, um pouco depois de largar o nome nada chamativo e passar a ser “Legend” veio o primeiro grande sucesso da marca, além do primeiro contato da empresa a gigante IBM, que aconteceu em 1988. Inesperadamente, o sucesso tão esperado foi de uma placa de circuito que permitiria a digitação de caracteres chineses em PCs da grande Big Blue (IBM).

Já no começo da década de 90, a Legend lança seu primeiro PC e passa a fabricar seus próprios produtos. Abriu também sua subsidiária em Hong Kong, para dar início para uma divisão internacional. Após algumas cabeçadas, a empresa passou a corrigir erros de mercado e em 1993 tornou-se a primeira marca a utilizar o processador Pentium 586, na China. Além de entrar no mercado de servidores.

Lenovo

Um passo para o sucesso

No ano seguinte, a empresa arrecada aproximadamente 30 milhões de dólares após ofertar ações publicamente e em cinco anos passa a ser líder de mercado de computadores do Pacífico e da região asiática. Ainda que a empresa tenha surgido em um contexto histórico de grande controle do Estado, a empresa desenvolveu-se em um momento de abertura comercial e de investimentos globais da China.

Tempos de mudanças chegaram e a Lenovo apresentou um mini-laptop que pesava apenas 1,3kg em 1999. Além de revolucionar o acesso à internet com a função de se conectar com a rede em apenas um clique. Essa ação fez com que o acesso à Internet na China se populariza-se. 

Neste novo século, a então Legend decidiu que era o momento de ganhar o mercado mundial. E em decisão estratégica, fez uma nova mudança no nome da empresa para “Le”, de Legend e ‘Novo” palavra originária do latim. A ideia da Lenovo era se distanciar da visão chinesa. Pois existe um grande preconceito com marcas do país e a ideia de manter esse mercado próximo chama a atenção de investidores do país. Algo que a marca não queria, por conta da expansão que almejava.

A transição IBM LENOVO!

De fato, um momento importante chegou para a história das duas marcas que falamos aqui: a aliança entre elas. Essa parceria iniciou-se em 1988, como vimos anteriormente. Mas foi em 2004, que a Lenovo comprou a divisão de computadores pessoais, notebooks e tablets ThinkPad da IBM. Fazendo da Lenovo a terceira maior provedora de computadores pessoais no mundo. Alem disso, a marca fez a aquisição da parte de Servidores x86 da IBM,. Sendo a maior aquisição de uma empresa no segmento de TI da história chinesa. 

A aliança IBM Lenovo tem base ampla e permite que a IBM continue dispondo de soluções end-to-end. Além de continuar com o financiamento e serviços de manutenção para estas soluções de computação pessoal. Esse laço estende o alcance de negócios de ambas as empresas, pois agem juntas nesses determinados quesitos. E assim, a qualidade, inovação e comprometimento se mantém como pilar, trazendo uma expansão no portfólio e no poder aquisitivo dessas duas gigantes da tecnologia. 

Fusão Empresarial

Porque escolher a IBM/Lenovo para o seu Data Center?

Como sabemos, a IBM é uma marca de tradição, e está entre as mais valiosas do mundo. Claramente uma referência de mercado. Esse já é um ponto positivo para escolhê-la. Seu know-how combinado com a inteligência Lenovo, trouxe uma dimensão imensa a marca e seus servidores.

Atualmente, a Lenovo ocupa o primeiro lugar em satisfação dos clientes em relação a servidores. E a marca está cada vez mais em ascensão. De forma que, não só tecnologicamente falando, mas também em relação a confiança dos consumidores. Como resultado, vemos um ponto extremamente decisivo para a empresa que quer começar a montar seu Data Center.

 

Data Center

Inegavelmente, a IBM Lenovo tem diferenciais para essa escolha e vamos citá-los rapidamente:

Inovação.

Visto que a marca está sempre focada em nova tecnologia e métodos de otimizar seus produtos e serviços.

Know-how

Como já citado, a marca é composta por duas gigantes que, juntas, tem mais de um século de atuação de mercado.

Durabilidade

A marca garante alta performance de seus produtos e alta durabilidade com o propósito de trazer maior satisfação dos clientes.

Atendimento especializado e de Qualidade.

Ao mesmo tempo, a marca se destaca em seu atendimento personalizado, focando na necessidade de seu cliente. Trazendo, acima de tudo, boas experiências.

Conclusão

Em conclusão, acreditamos que a aliança IBM/Lenovo é uma decisão estratégica de sucesso, que trouxe lucro e presença de mercado de destaque a marca. Além da confiabilidade trazida, especificações técnicas e imenso portfólio visando inovação.

E você, o que achou da tragetória que essas gigantes percorreram? Conta pra gente!

Siga-nos