Como escolher um CRM?

 Tempo de leitura: 4 minutos

O CRM, ou Customer Relationship Management, foi originalmente arquitetado para ajudar as empresas a estabelecer e manter relacionamentos com clientes novos e existentes.

Com a popularização de seu uso, o software CRM evoluiu de uma simples ferramenta de gerenciamento de contatos para um sistema poderoso que ajuda os usuários a gerenciar vendas, marketing, ponto de venda (PDV), contabilidade, fornecedores e outros tipos de dados operacionais em um só lugar.

De uma perspectiva de crescimento para a empresa, o CRM pode ajudá-lo a encontrar clientes em potencial, rastreá-los e nutri-los por meio de canais de vendas.

Também é utilizado para auxiliar na fidelização do cliente, armazenar informações importantes, aquecer o time de vendas, personalizar a experiência e fornecer suporte ao cliente da melhor forma possível.

Ao surgir a necessidade de implantação desse sistema em sua empresa, você precisa considerar os seguintes pontos:

O que levar em consideração na escolha do CRM?

Veja abaixo pontos que você deve levar em consideração na escolha do CRM da sua empresa: 

Gestão de leads e vendas 

Encontre novos clientes gerando automaticamente leads de várias origens, como mídias sociais, visitantes de sites, inbound marketing, inscrições de newsletters e muito mais. 

Acompanhe com leads automaticamente por meio de e-mails e tarefas predefinidas, ou entre em contato diretamente com eles mesmo. O CRM pode nutrir prospects por todo o pipeline de vendas, desde a geração de leads até o fechamento da venda. 

Além disso, muitos CRMs permitem que os usuários criem e armazenem cotações de vendas e rastreiem faturas.

CRM

Integração

Um bom CRM deve proporcionar integração com outras ferramentas, como e-mail, automação de marketing, telefone, redes sociais, etc. 

Essas ferramentas podem facilitar a vida dos funcionários. Por exemplo, se um vendedor possui apenas uma tela para acessar todo o histórico do relacionamento entre a organização e o consumidor, pode otimizar o horário de trabalho, aumentar a produtividade e melhorar o relacionamento com os clientes.

Personalização

Cada empresa possui estratégias e indicadores de vendas diferentes, por exemplo, conduzir vendas B2B, vendas B2C ou ambos. Portanto, ao escolher o CRM, você precisa escolher um sistema com painel de controle personalizável.

Então, ao invés de perder tempo coletando dados espalhadas de planilhas e exibindo cada indicador separadamente, você pode criar filtros que contêm os itens mais importantes para rastreá-los e montá-los em um só lugar.

Organizar tudo do seu jeito significa acesso mais rápido aos dados, opções de alteração de metas, definição de quais funcionários podem ver determinados recursos e outros benefícios.

Armazenamento de dados

Ao armazenar e analisar dados, a empresa consegue entender os gargalos em seu processo de compra, a resposta dos consumidores ao serviço, as dificuldades da equipe de vendas e outras informações. 

Além disso, se você pode medir os dados, pode tomar decisões mais conscientes e ter uma boa chance de sucesso. Além de auxiliar na gestão do negócio, o gestor também pode verificar o desempenho de cada vendedor: quantos itens ele vendeu e se está cumprindo todas as tarefas, como ele interage com os consumidores. 

Com essas informações, ele pode avaliar tanto a equipe quanto o indivíduo. Isso ajudará ao fornecer feedback e fazer alterações à equipe.

Relatórios

A maioria dos softwares de CRM inclui algumas funcionalidades de relatórios, e em produtos mais tecnológicos, dashboards dinâmicos. Certifique-se de que quaisquer necessidades de exportação ou importação que você tenha (por exemplo, transferindo informações para  Excel ou Spreadsheets) sejam compatíveis com um sistema que você escolher.

Acessibilidade

Quando falamos em acessibilidade em um sistema de CRM, dois itens são cruciais: operações na nuvem e em dispositivos móveis. É importante ter essas opções para proporcionar maior flexibilidade e agilidade no trabalho dos colaboradores. 

Imagine que seu vendedor está a caminho de um cliente e deseja verificar quais informações são essenciais para executar uma proposta de venda. Instalando o CRM em seu smartphone, ele consegue visualizar tudo com apenas alguns cliques, ganhando agilidade e mais confiança. 

CRM

Ponto de vista da TI

Cloud Computing

A operação em nuvem do CRM proporciona maior segurança e promove atualização de dados. Quando tudo está armazenado na nuvem, se a empresa encontrar algum problema no computador, não correrá o risco de perder todas as informações geradas.

Segurança

O CRM é seguro? A maioria sim! Existem diversos softwares diferentes no mercado e cabe aos gestores incluírem na tomada de decisão o quão seguro o sistema é.

Quando falamos sobre processos de gestão, definitivamente é o que você precisa para a sua empresa. Afinal, ele melhora a produtividade da equipe, minimiza erros e perdas de oportunidades.

E o mesmo se aplica ao falarmos da segurança de dados e informações da sua empresa. Por se tratar de um software em nuvem, a possibilidade de ter a perda de dados é baixa. 

Uma coisa puxa a outra e outro ponto importante que a TI ressalta é:

LGPD

A conformidade de sua empresa em relação à LGPD é essencial e o software precisa garantir essa segurança à sua empresa.

Lembrando que qualquer incoerência em relação à lei pode gerar grandes prejuízos a sua empresa. Afinal, ela trás impactos aos principais departamentos da empresa.

Em conclusão, aconselhamos que os gestores façam um levantamento de todos os itens citados neste post. Para que, efetivar a busca do CRM que mais se adequa para a empresa. E assim, se assegurar que fará a melhor escolha.