Tecnologia na indústria: veja como implantar e porque as empresas precisam disso

 Tempo de leitura: 4 minutos

A tecnologia na indústria é determinante para a melhora na produtividade e, consequentemente, para o aumento da lucratividade. 

Além de ser um fator que estipulará sua permanência no mercado, assim como aconteceu  com diversas organizações em todas as revoluções industriais. E se torna cada vez mais incisivo na Indústria 4.0. 

Grandes empresas que negaram a evolução da tecnologia desapareceram e, aos poucos, deram espaço para que outras entrassem em seu lugar. Lembra do caso da  Kodak, antiga empresa de fotografia? 

Antes conhecida por sua modernidade e inovação, chegou a pedir falência em 2012 por não conseguir mais se manter no mercado e desacreditar que seu mercado iria evoluir. 

Vemos que a estratégia da empresa, que gerava lucro de bilhões na década de 70, não foi das melhores. Afinal, você não já não usa câmeras analógicas, não é mesmo?

Inevitavelmente, se você não quer que sua empresa tenha o mesmo destino da Kodak, precisa entender como o seu segmento está se modernizando, analisar as melhores estratégias e fazer parte dessa corrida. Pois ela é fundamental para garantir a permanência no mercado.  

Veja como a tecnologia na indústria precisa de inovação com urgência e entenda como você pode modernizar sua empresa:

A falta de Tecnologia na Indústria brasileira

Segundo o Estudo da Confederação Nacional da Indústria, nos últimos quinze anos, o setor ampliou a utilização de insumos importados e não melhorou a competitividade dos produtos brasileiros. 

Em 2017, o Coeficiente de Insumos Importados – responsável por medir a quantidade de suprimentos da indústria nacional –  mostra que a importação de produtos estrangeiros saltou de 16,5% para 25%. E os manufaturados brasileiros caíram de 0,82% para 0,59%.

Esse cenário está ligado a uma cultura estrutural do país que se refere a falta de tecnologia para competir com o cenário internacional. 

De acordo com o professor Mario Sergio Salerno do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP e Coordenador do Observatório da Inovação e Competitividade do  Instituto de Estudos Avançados (IEA), a razão do problema está na má gestão e interrupção de programas públicos para o fomento da competitividade e inovação. (Fonte: Jornal da USP)

Inovação mais que necessária 

A busca por novas maneiras para aumentar a margem de lucro se tornou mais que necessária. Considerando também que a Covid-19 desestabilizou diversos setores da economia no mundo, e a indústria não foi exceção.

Com a diminuição na produção causada pela pandemia, a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido) identificou queda de desempenho de dois dígitos em todas as regiões do mundo. (Fonte: BBC News Brasil)

E para lutar contra essa série de fatores que são uma verdadeira desalavancagem para sua permanência no mercado, você precisa apostar em itens de inovação para o seu trabalho e gestão.

Nos últimos dez anos, os avanços tecnológicos trouxeram mudanças profundas às indústrias em todo o mundo.

Os processos anteriormente executados por dezenas de trabalhadores foram automatizados. E o armazenamento e processamento de dados na nuvem, por exemplo, permite à empresa minimizar perdas e aumentar a eficiência de determinados processos (e por fim ajudar a aumentar as margens de lucro).

Mas por onde eles devem começar? Esse é um dos principais desafios para aumentar a tecnologia na indústria brasileira, principalmente porque as indústrias não possuem o mesmo investimento em automação industrial por falta de maturidade, capacidade de inovação e recursos financeiros.

O uso de Cloud Computing

O Cloud Computing é o exemplo perfeito sobre como implantar tecnologia na indústria. Desde o uso de aplicativos, softwares de gestão ou sistemas de segurança. 

Cada vez mais presente nas empresas ao redor do mundo, o uso do Cloud Computing (ou simplesmente computação em nuvem) é reconhecido por trazer mais segurança, flexibilidade e facilidade para a realização de tarefas do dia a dia.

O ponto principal da migração para a nuvem, além da inovação, é a possibilidade que esse ativo proporciona de aumentar a eficiência e produtividade de profissionais (e também de pessoas físicas). De forma bem resumida, claro, porque essa tecnologia dispõe de muitas opções positivas!

Cloud computing é uma opção de Tecnologia na Indústria

Aplicar essa tecnologia na indústria é uma ótima forma para melhorar os recursos da organização. Os processos de fabricação podem se tornar muito mais viáveis com uso dessa tecnologia principalmente quando falamos de redução de custos e aumento na produtividade. 

Vamos supor que haja demanda em alta escala de um produto que precisa estar de acordo com normas técnicas. Com o compartilhamento dessas informações por nuvem, você garante que esse produto estará adequado conforme suas premissas. E ao disponibilizar esses dados para toda a área de produção, você minimiza a margem de erro.  

Você provavelmente já o utiliza em forma de serviço em algum ponto da sua empresa, esse é o famoso SaaS (Software as a Service). ERPs e CRMs, por exemplo, são uma opção muito utilizada e conhecida de Cloud. Mas, ao mapear todos os seus processos, pode identificar outras formas de utilizá-lo.

Como falamos acima, existem diversas formas de empregar a nuvem. Sendo algumas: 

  • Armazenamento e backup
  • Criação de aplicativos
  • Fornecimento de software sob demanda
  • Análise de dados
  • Inserir inteligência

Além do mais, devido essa tecnologia estar se popularizando com muita rapidez, você pode encontrá-la com preços mais acessíveis, se essa for sua necessidade. Tudo depende do que você precisa implantar.

Acompanhamento da tecnologia na indústria

É importante destacar também que com o uso de novas tecnologias na indústria, é primordial ter uma boa infraestrutura para ter a garantia do bom funcionamento do ambiente. 

Por isso indicamos que as empresas façam um checklist de todo o ambiente tecnológico – desde a infraestrutura até a parte de segurança. 

Ter um bom suporte de ti é uma ótima forma de evitar problemas. E ter o acompanhamento das necessidades da empresa, seja ao fazer a manutenção de ativos ou no auxílio de novos projetos na empresa. 

Caso essas opções ainda não sejam parte da sua realidade, e você não saiba como começar, pode nos contatar. A Bug BusterS tem 25 anos de experiência no mercado de tecnologia e preza pela qualidade de todos os processos da sua TI. 

Deixe essa responsabilidade conosco para que você possa, enfim, focar no core business da sua organização! 

Até o próximo artigo! 🙂