Por que não guardar arquivos na nuvem é perigoso?

Guardar arquivos na nuvem
 Tempo de leitura: 4 minutos

Por que não guardar arquivos na nuvem é perigoso?

Se você já é leitor do nosso blog, provavelmente você já viu nossos outros artigos a respeito de computação em nuvem. Hoje vamos falar especificamente sobre as consequências de não ter uma. Quais são as consequências de não guardar arquivos na nuvem?

Não se preocupe, antes de tudo, caso ainda não esteja clareado o conceito de nuvem, eu te explico!

O que é nuvem?

Algumas pessoas pensam “Como assim guardar arquivos na nuvem? Estou deixando meus arquivos num lugar que não existe? Não estou entendendo nada!!”.

Nuvem, ou Cloud Computing, é uma tecnologia que oferece recursos tecnológicos para utilização remota, onde é possível adquirir memória, processamento e armazenamento de dados.

Essa tecnologia é utilizada para hospedagem de sites, lojas virtuais, sistemas ERP, sistemas gerais, backup, dentre outros serviços que precisam e que podem ficar disponíveis para seus colaboradores, de forma totalmente online.

Mas por que o nome Nuvem?

O nome Nuvem é um nome fantasia. O conceito da computação em nuvem vem desde 1960, mas só na década de 90 que o termo ‘’Nuvem’’ veio à tona, quando o Professor de sistemas de informação Ramnath Chellapa usou o termo inspirando-se no símbolo da internet, remetendo a algo sólido e real, mas que está fora da nossa visão, obscurecido pela “Nuvem”, que no caso, é o Data Center.

Nuvem se trata de um Data Center, que por sua vez, é um local seguro, com toda estrutura projetada exatamente para a função de oferecer segurança a para suas informações.

Guardar arquivos na nuvem

Quais são os perigos de não guardar arquivos na nuvem?

Direto e reto: o maior perigo de não guardar arquivos na nuvem é sua empresa fechar.

Há casos de empresas que fecharam as portas por conta de adversidades e acidentes que todos nós estamos vulneráveis a passar, como por exemplo as empresas alocadas nas torres gêmeas ou proximidades do ataque. A infelicidade ocorrida com essas empresas poderia ter outro destino se elas optassem por guardar arquivos na nuvem.

Muitas empresas possuíam backup na região do desastre, e por isso, perderam sites e toda informação que possuíam, prejudicando também os clientes que dependiam desses dados.

Mais da metade das PMEs afetadas por esse ocorrido fecharam as portas porque perderam todos os seus dados e não conseguiram retomar o negócio. Isso não ocorreria se elas optassem por um segundo Data Center(nuvem) para recuperar os arquivos perdidos.

Infelizmente, esses acidentes podem acontecer com qualquer estabelecimento. Você já se preparou para lidar com essas adversidades?

Mas esses acidentes não podem ocorrer com o Data Center?

Conforme dito acima, o Data Center possui uma estrutura feita para essa função. Aqui na Bug BusterS, por exemplo, trabalhamos com o maior Data Center da América Latina, um Data Center TIER III.

As estruturas são classificadas em Nível Tier I, II, III e IV.

Uma estrutura TIER III possui as seguintes características:

  • Múltiplos caminhos de distribuição independente, servindo aos equipamentos de TI;
  • Todos os equipamentos de TI são dual-alimentados e totalmente compatíveis com a topologia da arquitetura do local;
  • Infraestrutura local paralelamente sustentável, garantindo a disponibilidade de 99,982%. Em um ano, pode ter no máximo 1,6 horas de downtime;
  • Redundância N+1;
  • Configuração que proporciona gerir os períodos de manutenção sem impacto na continuidade do serviço nos servidores presentes;
  • Robustez na estrutura do local, sendo preparada para aguentar fortes impactos e lidar com diferentes adversidades.

Guardar arquivos na nuvem

5 benefícios práticos

  1. Sem custos e preocupações com:
    Energia, nobreak ou gerador, ar condicionado ou segurança física dos equipamentos; aquisição de softwares e hardwares; mão de obra para serviços técnicos especializados.

  2. Economia de espaço:
    O armazenamento será totalmente virtual. Isso significa que qualquer tipo de mídia física não será mais necessário, além do próprio espaço físico destinado aos servidores.

  3. Flexibilidade:
    As informações armazenadas poderão ser acessadas em qualquer hora e qualquer lugar, desde que tenha acesso a internet. Permitindo, além de acesso remoto, que a nuvem seja acessada até mesmo pelo celular, durante uma viagem importante,por exemplo.

  4. Segurança:
    Mesmo falta de luz, infiltrações, danificação e perda de notebook por exemplo, os dados ainda estarão disponíveis. O provedor possui uma estrutura preparada para lidar com ameaças e cuidar da segurança dos dados armazenados.

  5. Eficiência:
    O trabalho colaborativo ganha força, pois todos da empresa terão acesso ao mesmo arquivo, com atualizações simultâneas conforme cada modificação seja feita. A divisão de trabalho num documento fica muito mais eficiente, visto que pode passar rapidamente e ser atualizado pelos profissionais de diferentes setores.

Gostou do artigo de hoje? Dúvidas, comentários e sugestões, não pense duas vezes em entrar em contato conosco!

Assine nossa Newsletter para ficar sempre por dentro dos nossos conteúdos. 🙂

E-mail: bbs@bugbusters.com.br
Telefone: +55 (11) 5572.0044
Horário de Atendimento: 8h30 às 18h00
Horário de Atendimento | Servidores e Storages: 24x7x365

Siga-nos